O que é CTR?

CTR, ou Click Through Rate, nada mais é do que a Taxa de Cliques que o seu anúncio teve. Ou seja, é a proporção de usuários que clicam em um link específico em relação ao número total de usuários que visualizam uma página, e-mail ou anúncio. É um dos indicadores de sucesso de uma campanha.

Quanto melhor seu CTR, mais cliques no link você teve e mais chance de venda, também.

Como saber se o CTR está alto ou baixo?

A taxa de CTR dependerá de mercado para mercado. É preciso conversar com profissionais especialistas em performance e tráfego pago, ou fazer uma pesquisa de média de taxas de CTR para o seu nicho de atuação. Mas ainda que você não consiga encontrar muita informação, com o tempo e a prática, você consegue entender a performance das suas campanhas e consegue ir aumentando a sua taxa de CTR.

Lembrando que o CTR deve ser analisado em campanhas que obrigatoriamente tenham cliques, visto que esse é seu objetivo. Analisar o CTR em campanhas de alcance ou visualização, por exemplo, não será tão eficaz, visto que não necessariamente precisa ter cliques para alcançar o objetivo do anúncio.

Como calcular o CTR?

É algo bem simples, na verdade. Basta dividir o número de cliques pelo número de pessoas alcançadas pelo anúncio. Tudo isso, multiplicado por 100, visto que é uma taxa dada em porcentagem.

Exemplo:

Se você fez uma campanha onde 1800 pessoas foram alcançadas e você obteve um total de 500 cliques, então seu CTR é:

500/1800×100 = 27,78%

Quanto maior o número de cliques, ou seja, quanto mais próximo do número de visualizadores estiver, maior e melhor será o CTR.

Mas como fazer para melhorar o CTR?

Confira abaixo, 6 pontos que você pode fazer para melhorar esse indicador:

  1. Definir um bom planejamento de mídia, ou seja, uma boa estratégia, com objetivos claros: qual será o anúncio? Para qual segmentação de público? Qual o objetivo da campanha, ou seja, o que você deseja alcançar com aquele anúncio? 
  2. Preste atenção à página destino, ou seja, à URL a qual o seu possível cliente será direcionado. Não basta o anúncio ser bom, a página destino precisa conseguir vender. Para isso, precisa também, passar segurança.
  3. Saiba quem é exatamente o seu público e converse diretamente com ele, fazendo com que a copy seja mais próxima. Isso ajuda a converter mais, pois o teor não fica de comércio, e sim, de conversa. Concentre-se em promessas mais pessoais, que foquem na resolução do problema do seu público.
  4. Pense bem na imagem a ser usada para o anúncio, ela será a primeira impressão para o seu possível cliente e será ela que fará com que ele queira ler a legenda ou não. Pense em uma imagem que faça seu cliente parar a atenção no seu anúncio.
  5. Faça testes com pelo menos 4 segmentações, e otimize as que melhor performaram. Use o modelo de público Look a Like para os vencedores. Aproveite e analise criticamente o que o seu possível cliente demonstrou gostar e associe em uma nova segmentação vencedora. Teste tanto imagens, quanto copy e segmentação de público.
  6. Usar boas Call to Action (CTA): o uso de CTAs ajudam na maior conversão em cliques, visto que é uma ordem inconsciente que você dá ao cérebro do seu cliente.

Lembrando que não se deve ficar focado somente na taxa de CTR. É preciso analisar todos os pontos da sua campanha para entender o que seu cliente quer lhe dizer, para saber o que ele quer comprar e como você pode vender da melhor forma.

Para isso, conte com a ajuda da Bocca. Somos especialistas em tráfego pago e SEO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *