Uma das perguntas que mais recebemos (depois de “o que é melhor, tráfego pago ou orgânico?”) é “qual é melhor para anunciar? Facebook ou Google?”. E hoje, vamos responder a vocês.

Qual é melhor para anunciar? Facebook ou Google?

Acontece que as duas ferramentas são ótimas para anunciar, o que vai depender é do momento da sua empresa e de qual tipo de anúncio mais parte da sua necessidade.

O Google Ads é um anúncio de intenção.

A pessoa que pesquisa e acaba achando o seu anúncio, já está interessada naquele assunto e possivelmente a compra será mais certa.

Já o Facebook Ads é um anúncio de curiosidade.

A pessoa está rolando seu feed para se alimentar com o conteúdo daqueles perfis que escolheu para ver todo dia, e pelo acaso da mágica do tráfego pago, seu anúncio chega até ela, que descobre que precisa daquele produto que você está vendendo.

Uma técnica bastante eficaz entre as duas plataformas, é você alcançar o cliente que já quer o seu produto pelo Google Ads e depois reimpactá-lo, com remarketing, quando ele acessar casualmente o seu Facebook ou Instagram.

Mas o que é remarketing?

Remarketing é literalmente fazer o marketing novamente. Imaginemos a situação: um possível cliente entra no seu e-commerce e vê alguns produtos, mas não compra nenhum e você não tem os dados dessa pessoa para poder tentar realizar a compra. E aí? O que você faz com essa pessoa que poderia ter comprado, mas não comprou? Exatamente, você faz o remarketing. Você aparece para essa pessoa nas redes sociais dela, para que ela se lembre de você e dê mais uma chance ao seu site, podendo de fato, finalizar a compra daqueles produtos que pareceram agradá-la antes.

Remarketing é um tipo de anúncio muito eficaz que pode ajudar nas vendas da sua empresa.

Mas voltando ao nosso assunto sobre Facebook ou Google Ads, o que aconselhamos é que se sentem com um profissional de performance e juntos, identifiquem como vocês podem alcançar os potenciais clientes da sua empresa. Nós, da Bocca, estamos à disposição para ajudá-lo a entender como vender mais por meio do tráfego pago.

Conseguimos tirar sua dúvida? Deixa a resposta aqui nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *