É possível observar as grandes mudanças que têm ocorrido ao longo dos anos no mundo do mercado, não é verdade? E as inovações tecnológicas são uma dessas grandes mudanças que tem se tornado bastante benéficas para as empresas.

O e-commerce é uma das grandes vantagens que as empresas têm ganhado, abrindo portas para as vendas no mundo digital e aumentar as chances de realizar uma maior conexão com seus clientes. 

O e-commerce é uma modalidade de comércio em que as compras e vendas podem ser realizadas na internet, de forma ágil e segura. No comércio eletrônico, o fabricante ou revendedor disponibiliza seus produtos em uma plataforma virtual e as transações são realizadas de forma online. 

Já o SEO, assim como o e-commerce, tem surgido com as grandes inovações do mercado, e tem se tornado uma ferramenta de sucesso para as empresas que a utilizam. Contudo, embora seja uma ferramenta cheia de bons resultados, é necessário dominar todas as suas técnicas e entender todos os seus funcionamentos e razões. 

Sendo assim, conheça em detalhes tudo sobre o SEO para e-commerce a seguir. 

Um pouco sobre SEO e seu funcionamento

SEO 1
Fonte: Freepik

O SEO, ou Otimização para mecanismo de pesquisa, é uma estratégia de otimização que busca oferecer os melhores resultados de pesquisas e manter seu site com um bom ranqueamento diante o Google, melhorando assim, a visibilidade de sua marca e aumentar seu tráfego. 

Quando as estratégias das técnicas de SEO começaram a surgir, a otimização era essencialmente pensada para os robôs do Google. E o buscador, que ainda não estava tão bem desenvolvido como nos dias de hoje, caia nas armadilhas de black hat. Aos poucos, os fatores de rankeamento do Google foram evoluindo, e ele passou a identificar essas más práticas. 

Ou seja, basicamente, ele deseja oferecer o melhor resultado para o que as pessoas estão buscando. Sendo assim, as atualizações do algoritmo sempre visam valorizar os sites que oferecem a melhor experiência para o usuário, e penalizar aqueles que tentam ludibriar o buscador. 

Logo, quem trabalha com as técnicas de SEO deve focar em oferecer conteúdos de qualidade, uma layout agradável e admirável, uma navegação eficiente, entre algumas ações a mais. 

Trabalhar esses itens enviará ao Google de que você está oferecendo uma ótima experiência para as pessoas e que seu site é uma referência para o seu público. E acredite, o Google reconhece cada esforço investido. Experiência do usuário é hoje a essência do SEO. 

E-commerce e seu funcionamento

e commerce
Fonte: Freepik

O e-commerce oferece inúmeras vantagens tanto aos lojistas como aos consumidores, contudo, é preciso entender as particularidades e características desse modelo de negócio para aproveitar ao máximo o seu potencial. 

Antes de tudo, é importante entender que há diferenças entre as categorias de comércio online, especialmente em relação a e-commerces e marketplaces. 

Um e-commerce realiza vendas de produtos de uma única loja, enquanto os marketplaces trabalham com diferentes lojistas. Ou seja, os marketplaces servem de intermediários entre vendedores e clientes. 

O comércio virtual mostrou ser uma excelente alternativa para as empresas que desejam ganhar visibilidade, alcançar novos públicos, trabalhar com produtos de nicho, reduzir gastos e aumentar as vendas. Além disso, uma parcela cada maior da população virou adepta às compras online, após a pandemia devido ao Covid-19. 

Atualmente, é possível vender praticamente qualquer tipo de produto e serviço pela internet, incluindo alimentos, automóveis e imóveis, por exemplo. Como resultado, muitas empresas tradicionais do varejo físico estão investindo no e-commerce próprio para reforçar a presença digital, acompanhar as tendências do mercado e oferecer ao público soluções mais práticas e tecnológicas. 

Tipos de e-commerce

tipos de e commerce
Fonte: Freepik

Entendendo bem o que é e o funcionamento do e-commerce e quanto é relevante para os mercados mundiais e brasileiro, é hora de relembrar os principais modelos de e-commerces mais utilizados pelos lojistas. Confira a seguir:

B2B

O e-commerce B2B é aquele relacionado ao comércio entre empresas, ou seja, são marcas que possuem outras marcas como clientes, não conversando diretamente com o cliente final. Esse modelo, geralmente engloba produtos como matérias-primas, peças de automóveis e maquinários, mas também pode abranger outros tipos de mercadorias, desde que sejam para outras empresas. 

B2C

O modelo B2C é o mais tradicional e corresponde às transações realizadas entre empresas e consumidores finais. Ou seja, toda loja que vende os seus produtos diretamente aos clientes entra nesta categoria. 

C2C

O comércio C2C, por sua vez, é realizado entre consumidores finais, que comercializam produtos entre si. 

D2C

O comércio atacadista bem o modelo D2C, que é realizado entre fabricantes e consumidores finais. Por meio do D2C, o cliente pode comprar diretamente do fornecedor, pagando valores mais acessíveis. 

Como aplicar as estratégias de SEO para e-commerce?

SEO para e commerce
Fonte: Freepik

Depois de entender um pouco mais sobre SEO e seu funcionamento, é preciso pensar sobre como criar uma estratégia e implementá-la em seu negócio. Sendo assim, veja algumas dicas de como aplicá-las:

Seleção de palavras-chave

Para implementar o SEO em seu e-commerce, é preciso, primeiramente, escolher as palavras-chaves certas que irão atrair tráfego qualificado. Ou seja, é necessário que os termos utilizados no conteúdo do site tenham a ver com seu negócio e os produtos vendidos em sua loja virtual. 

Como por exemplo: “no caso de uma loja de roupas praianas, palavras-chave como “saída de banho” ou “Maiô com mangas” podem ser boas escolhas para atrair o público desejado. Essas palavras devem estar presentes nas descrições dos produtos, em textos de categorias e demais conteúdos da sua loja virtual. 

Construção de URLs

Um outro ponto importante que impacta o posicionamento das páginas são URLs. É interessante que a construção da URL seja a mais direta possível, evitando uma categorização bastante longa e complexa. Por exemplo, em vez de “saída-feminina/saias/saída-de-banho”, você pode utilizar “saída-feminina/saída-de-praia”.

Dessa forma, além do usuário entender de uma forma mais simples que tipo de produto aquela página oferece, o Google valoriza URLs mais curtas e diretas, por isso você passa a ter mais chances de estar nos primeiros resultados da busca. Ainda é relevante utilizar palavras-chave na URL para os usuários encontrarem a página mais facilmente. 

Otimização da plataforma e-commerce

Também é importante que a plataforma de e-commerce utilizada permita a você fazer otimização para SEO. A velocidade de carregamento das páginas, por exemplo, é um fator muito importante para o Google considerar seu site relevante, já que afeta diretamente a experiência do usuário. 

Por isso, é essencial trabalhar no aprimoramento desse aspecto do seu e-commerce para não somente alcançar uma posição mais alta nas buscas, mas também trazer uma experiência de compra satisfatória para seus clientes. 

Vantagens do SEO para o e-commerce

O SEO permite tornar as lojas virtuais mais amigáveis e, para isso se realizar, alguns pontos devem ser colocados em prática:

Todo o conjunto de métodos utilizados pelo SEO apresenta várias vantagens, que contribuem bastante para o desempenho de uma loja virtual. 

As vantagens do SEO para o seu e-commerce são diversas, sendo assim, vamos listar as principais que mais se destacam:

Aumento do tráfego para site

Um dos primeiros benefícios de utilizar as ferramentas de SEO em seu e-commerce é o aumento significativo do tráfego orgânico, aquele que é gerado sem a necessidade de investimento em propagandas e marketing. 

O responsável por essa ação é o melhor ranqueamento das publicações nos motores de busca. Como estão nas primeiras colocações, recebem mais cliques e tráfego. Essas funções ainda podem ser inseridas em suas estratégias de vendas para trazer maiores resultados para a sua empresa. 

Democratização do acesso

Quando o assunto é publicidade paga, sabe-se que as pequenas empresas saem atrás de grande corporações, afinal, existem menos recursos para serem investidos em campanhas. 

Entretanto, com uma boa ferramenta de SEO e as estratégias adequadas, qualquer companhia, pequena ou grande, poderá conquistar o topo dos resultados dos motores de buscas. 

Mesmo que você possua um capital curto, um bom tempo de estudo e as aplicações das estratégias de SEO podem fazer com que sua empresa tenha tantos acessos quanto organizações que investem pesado em publicidade na internet. 

Tráfego qualificado

Além de simplesmente gerar tráfego, por meio da aplicação de SEO é possível ter acesso a leads qualificados, isso porque, quem busca pode ter determinados termos no Google já tem predisposição para o conteúdo que deseja apresentar. 

Sendo assim, se seu e-commerce apresenta as respostas certas para as perguntas que os usuários estão fazendo, encontrar clientes torna-se algo natural e quase todos que vem do tráfego orgânico geram vendas. 

Melhora no funil de compras

O funil de vendas também sente o impacto com o uso das técnicas de SEO, já que os conteúdos de entrada não são os mesmos para quem vem do tráfego orgânico e de quem chega por anúncios. 

Sempre que um usuário realiza uma pesquisa, ele já possui uma determinada propensão para a compra, mas ainda está indeciso e precisa ser convencido. 

Sabendo disso, será possível construir conteúdo que ajudem os usuários visitantes a decidir por concretizar ou não o negócio, lembrando que nem sempre se trata de fechar uma venda a qualquer custo. 

Caso aconteça do cliente ter uma experiência ruim, pois o produto ou serviço já não cobre sua demanda, isso pode sair mais caro do que não ter realizado a venda. 

Entretanto, uma das grandes vantagens do SEO e do uso de boas ferramentas é guiar seus leads para conteúdos feitos para eles. 

Aumento da autoridade de marca

Nos motores de busca existem dois tipos de resultados, o orgânico e o patrocinado. No tipo patrocinado, trata-se das empresas que pagam pela posição no topo do Google, enquanto o orgânico demonstra autoridade e maior autonomia.

Estar entre os primeiros resultados de uma busca passa a credibilidade aos usuários, que entendem que sua página é a melhor resposta para as perguntas que estão fazendo. Ao mesmo tempo, muitas pessoas nem sequer chegam a olhar a segunda página e também não dão atenção aos conteúdos patrocinados, uma vez que foram conquistados por pagamento. 

A autoridade é algo de grande valor no meio digital e faz com que você e sua marca conquistem o usuário, que passa a buscar seu site como fonte de informação. 

Melhoria da taxa de conversão

As técnicas de SEO não apenas classificam melhor sua página nas buscas, elas também auxiliam a otimizar o seu site, melhorando a atração e retenção de usuários. 

É bem mais agradável navegar por sites fluídos e otimizados, sendo uma variável poderosa para determinar o sucesso de uma venda. Ou seja, um bom SEO impacta na taxa de conversão de sua loja. 

Retorno do investimento

Mesmo que existam ferramentas de SEO gratuitas no mundo do mercado, há um certo investimento de tempo, mão de obra e outros demais custos para aplicar essa estratégia tecnológica. 

Contudo, o bom uso dessas ferramentas poderá fazer com que o retorno do investimento seja ágil. Além disso, essas estratégias podem fazer com que o seu negócio se desenvolva rapidamente.

Diferentemente de uma estratégia de publicidade, que deixa de gerar resultados sem investimento, o SEO continua mesmo que suspenda o investimento e realizações de ações quanto a ele.  

Credibilidade

Estar na primeira página dos sites é de suma importância, já que os consumidores acreditam que, se determinado site encontra-se no topo do buscador, é porque ele é bom, relevante e confiável. Além disso, os consumidores, geralmente, não avançam muito nas páginas de pesquisas, como mencionado anteriormente. 

Por isso, é fundamental trabalhar o SEO, pois ele permite ao seu e-commerce uma excelente posição nos buscadores, adquirindo assim, mais credibilidade. 

Visitas orgânicas

O grande objetivo do SEO é deixar os sites em excelentes posições nas ferramentas de busca, não é verdade? Sendo assim, a chance de gerar mais visitas orgânicas em seu e-commerce é bem grande, tornando o custo por lead e aquisição de cliente bem menor, além de proporcionar um ótimo retorno. 

Tráfego qualificado

Utilizando os métodos de SEO, o tráfego torna-se qualificado, onde pessoas realmente interessadas em seu produto chegam à sua paǵina. Isso está relacionado à forma em que a busca é realizada nos sites de pesquisa e a palavra-chave é escolhida em seu e-commerce. 

Para deixar mais claro, veja um exemplo: “se uma pessoa pesquisar em algum buscador por “filmes de romance” e seu e-commerce tiver uma seção dedicada a filmes dessa categoria, é possível que o e-commerce apareça para este futuro consumidor. 

Aumento de visitas e vendas

Quando o seu site se encontra na primeira página do buscador, consequentemente se obtém mais visitas em seu e-commerce. Otimizar o site com as técnicas de SEO permitem uma navegação pelo e-commerce mais prática e ágil, resultando em mais conversões, leads e o melhor: mais clientes. Logo, o aumento nas vendas é garantido.  

Vale ressaltar que o trabalho de SEO é algo demorado, que não ocorre da noite para o dia. Então, requer muita paciência, atenção e cuidado. Apesar disso, o resultado é surpreendente e satisfatório, melhorando bastante o posicionamento, o desempenho e as conversões. 

Portanto empreendedor, comece agora mesmo a otimizar sua loja virtual com as técnicas de SEO e obter os melhores resultados, acesse o site da bocca agora mesmo e adquira o melhor da comunicação em seu e-commerce com as melhores estratégias de SEO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.