No mundo do SEO quem domina suas técnicas obtém um maior reconhecimento público e sucesso em suas campanhas e vendas. E com o grande volume de conteúdos já disponíveis na internet, estar nas primeiras páginas tornou-se o objetivo de muitas empresas. 

As técnicas de SEO são um conjunto de hábitos que buscam melhorar a visibilidade de um site diante os motores de busca como o Google, Bing, Youtube, entre outros. E com tantas disputas que há no mercado, dominar as técnicas de SEO é a melhor estratégia que você poderá obter para o sucesso de sua campanha política.

Já no ano de eleição, é hora de equipar-se de todas as ferramentas necessárias e possíveis para obter êxito em suas divulgações. E como o mundo atual gira em torno do digital, nada melhor do que utilizar do digital para as melhores estratégias para ir em rumo ao sucesso. 

Sendo assim, conheça mais do SEO para políticos a seguir. 

Entendendo melhor sobre o SEO

SEO
Fonte: Freepik

O SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, que significa “Otimização do Sistema de Buscas”. E nada mais é que, técnicas que molharam o posicionamento de um site nos resultados das páginas de busca. 

No mundo do e-commerce, esse é o processo para tornar uma loja virtual mais visível possível e tudo de forma orgânica, deixá-la no topo das listas de pesquisas. Ou seja, não é necessário investir muito dinheiro para anunciá-lo na paǵina principal da paǵina de busca. 

Além disso, a maioria das pessoas costumam clicar nos resultados orgânicos, enquanto cerca de 10% somente dos cliques vão para os anúncios. Saiba que a média de cliques em sites que aparecem como primeiro resultado da busca é de 28,5% e já as piores taxas de cliques são dos sites anunciados. 

Como o consumo dos dias de hoje inovou, com a tecnologia desempenhando bem seu papel fundamental para a educação, como a internet, o SEO se tornou uma verdadeira mina de ouro. A área tornou-se mais poderosa para mais muitas empresas, justamente por representar a possibilidade de crescer o negócio por meio do digital. 

Pois, a disputa que antes era exclusiva do marketing offline, migrou para o mundo virtual. As posições nas páginas de resultados são ferramentas de concorrência, uma vez que os sites que surgem em primeira posição na página apresentam maior probabilidade de conseguir a atenção do usuário e o tão desejado clique. 

Motores de busca e seu funcionamento na estratégia de SEO para políticos

Search e
Fonte: Freepik

Os motores de busca são sistemas formados por uma série de algoritmos que tem como função rastrear, indexar e ranquear os conteúdos da web para exibi-los de forma ordenada nas pesquisas dos usuários. 

Esses motores, podem também, ser chamados de buscadores, sites de busca, mecanismos de pesquisas ou search engines. 

Quando muitos falam sobre os buscadores, não é referindo-se apenas ao Google, mas também ao Bing, Yahoo! e demais sistemas de buscas. Inclusive, e para surpresa de muitos, o YouTube e o Pinterest, por exemplo, também podem ser entendidos como mecanismos de busca, já que são bastante usados para encontrar conteúdos pelos usuários. 

Mas entre todos estes, o Google, é sem dúvida, o que mais se destaca, com mais de 92% de share no mercado das buscas. 

Cada mecanismo possui sua forma de operação e os seus critérios de ranqueamento nas buscas. Contudo, o objetivo final é sempre o mesmo: oferecer as melhores respostas para aquilo que o usuário está em busca para atender sua necessidade e/ou desejo. 

Para o Google exibir uma lista de resultados que respondam sua dúvida, há um longo processo que é realizado, embora leve apenas alguns milissegundos. E esses motores de buscas funcionam, basicamente, em três etapas:

  1. Crawling 

Os buscadores rastreiam os conteúdos da web primeiramente. E quem realiza esse procedimento são os robôs/spiders, mas no caso do Google, são chamados de Googlebot. Eles seguem os caminhos que os links apontam, em busca de novas páginas e atualizações. 

  1. Indexação

As páginas rastreadas são indexadas em seguida. Ou seja, elas vão para o índice do buscador, que funciona como uma grande biblioteca de conteúdos da web. 

Lá, as páginas ficam organizadas de acordo com as informações coletadas no rastreamento, como o tempo de carregamento das páginas e as principais palavras-chave. 

  1. ranqueamento

Os processos de rastreamento e indexação acontecem a todo momento, e os robôs estão sempre em funcionamento para encontrar e organizar os conteúdos da Web. Mas a ordem em que eles são exibidos nas buscas dos usuários é definida no momento que concentram-se os esforços de SEO. 

De acordo com a palavra-chave que ele utiliza na pesquisa, o Google rapidamente vasculha o seu índice em busca das páginas que coincidam com aqueles termos e respondam a dúvida do usuário. 

A classificação, então, é definida pela melhor correspondência de palavra-chave, em conjunto com uma série de fatores de rankeamento que compõem o algoritmo de busca. Elas servem para oferecer uma melhor experiência ao usuário e, consequentemente, melhorar o posicionamento das suas páginas nos buscadores. 

Fatores de ranqueamento

Há pesquisas que afirmam que existam mais de 200 fatores de rankeamento do Google. A combinação entre eles é o que determina o posicionamento das páginas na SERP. 

O Google não revela abertamente quais são os fatores, embora, dê algumas declarações que entregam alguns segredos. Além disso, o próprio mercado se movimenta para fazer estudos que revelam o impacto de determinada ação no posicionamento de uma página. 

De modo geral, sabemos que os fatores de ranqueamento se dividem e dois grupos: 

  1. On-Page

Fatores de ranqueamento On-page estão presentes nas próprias páginas, pertencem à estratégia e técnicas que estão dentro do controle do Webmaster e dos produtores de conteúdo. Podem ser alterados para otimizar o ranqueamento dentro dos mecanismos dos buscadores. Por exemplo:

O Google avalia esses fatores para entender o que as páginas estão dizendo e, assim, fazer a indexação correta. 

Além disso, ajudam o buscador a perceber se você está oferecendo uma boa experiência ao usuário, com informação e organização. 

Off-Page

Estes são os que fogem das deliberações da equipe que trabalha com o site, geralmente ligados à atividade de terceiros ou fatores que não podem ser mudados diretamente por meio de edições, mas que ainda sim, podem ser otimizados para atingir esses ideais. 

Ou seja, são fatores que, por suas vez, são elementos de fora da página que mostram se ela é uma referência. Portanto, consiste em otimizar a autoridade do site diante dos usuários e de outros sites da Web, com foco na aquisição de backlinks. Por exemplo:

Para o Google, fatores como esses mostram qual o nível de autoridade de um site na web. Se a página recebe muitos visitantes de buscas diretas pelo nome da marca e ganha vários backlinks e menções de bons sites, mais autoridade ela deve ter no mercado. 

Quais são as ferramentas iniciais e básicas de SEO?

Ferramentas
Fonte: Freepik

Para começar uma estratégia de SEO, é necessário contar pelo menos com as ferramentas básicas. Elas ajudam a realizar um diagnóstico real da situação atual, embasar o planejamento, fazer as primeiras otimizações e começar a acompanhar os impactos de cada ação. 

Há duas ferramentas indispensáveis para o SEO: 

  1. Google Analytics

É uma ferramenta de análise de dados amplamente usada que oferece uma infinidade de recursos para avaliar o desempenho de estratégias digitais. No SEO, ela pode ajudar de diversas formas:

Essas são apenas algumas análises que é possível fazer com o Google Analytics e que podem auxiliar desde o planejamento até o monitoramento do SEO, o que é perfeito para analisar como anda os resultados da sua campanha política. 

Será possível encontrar muitos outros dados na ferramenta para ajudar em sua estratégia. 

2. Google Search Console

O Google Search Console é uma ferramenta que facilita a comunicação entre o site e o Google e oferece relatórios valiosos para SEO. Estes são alguns recursos que a ferramenta oferece:

O Google Search Console é um pouco mais técnico, por isso é voltado para webmasters.

Mas a interface é bastante amigável, então qualquer pessoa pode usá-la para fazer diagnósticos e direcionar demandas mais complexas para profissionais especializados. 

A ferramenta também pode gerar vários insights para otimizações e conteúdos, além de ser a principal fonte para identificar as consultas que levam tráfego para suas páginas e a taxa de cliques das suas principais palavras-chave. 

Como a estratégia de SEO funciona para a política?

A arte de SEO para política, vai além da técnica, e na criatividade que o profissional que atua na área tem para conduzir o conteúdo que otimiza. 

A estratégia de SEO para político consiste não apenas em conseguir a melhor colocação possível em relação a buscas pelo nome do candidato, mas também, em conseguir ótimas colocações para assuntos relacionados à área de atuação do candidato. 

No processo de otimização de textos para ferramentas de busca, vamos definir a palavra-chave a ser utilizada e trabalhar todas as outras técnicas em torno da exposição nas buscas por esta palavra-chave. 

Se durante o período eleitoral houve alterações no texto de forma a transformá-lo em um material de campanha, um pequeno detalhe técnico poderá fazer parte dos milagres do SEO, beneficiando sua campanha. 

E lembrando que as técnicas de SEO é uma estratégia de longo prazo e por isso traz bons resultados e é preciso um planejamento antecipado. 

Portanto, para ganhar uma maior visibilidade diante das ferramentas de busca, antecipe sua campanha e busque pelas melhores estratégias de SEO para sua eleição. Busque realizá-lo de forma antecipada com um ótimo planejamento em mãos e assim o SEO trará bons resultados. 

Como conseguir uma boa estratégia de SEO para políticos?

Como toda estratégia é necessário realizar um bom planejamento como já mencionado anteriormente, como: quais resultados você deseja atingir com o SEO, quem deseja alcançar, como você pretende chegar lá? 

É isso que vai estruturar e fortalecer o caminho para o sucesso da sua estratégia de SEO para sua campanha política. Além disso, é importante sempre lembrar que uma estratégia de SEO geralmente trará resultados a longo prazo. 

Não espere um retorno imediato, como pode ocorrer com anúncios e links patrocinados, por isso há uma importância em buscar utilizar as técnicas de SEO de forma antecipada e mais rápido possível. 

Vantagens do SEO para sua campanha

São várias as vantagens de investir em ferramentas de SEO em sua campanha e empresa, confira-os:

Aumente o tráfego para o site

Um dos primeiros benefícios de utilizar as ferramentas de SEO é o aumento significativo do tráfego orgânico, aquele que é gerado sem a necessidade de investimento em propagandas e marketing. 

Democratização do acesso

Quando o assunto é publicidade paga, sabe-se que as pequenas empresas saem atrás de grandes corporações, afinal, existem recursos para serem investidos em campanhas. 

Entretanto, com uma boa ferramenta de SEO e as estratégias certas, qualquer companhia, pequena ou grande, pode conquistar o topo dos resultados de buscas. 

Tráfego qualificado

Além de gerar tráfego, por meio da aplicação de SEO é possível obter acesso a leads qualificados, isso porque, quem busca por determinados termos no Google já possui predisposição para o conteúdo que você apresentar. 

Se até aqui as estratégias de técnicas de SEO despertaram o desejo para o sucesso de sua campanha, que tal conhecer uma empresa focada em inovar, melhorar e alavancar sua campanha neste ano de eleição? Sendo assim, acesse nosso site bocca e obtenha já, os melhores resultados com as melhores estratégias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.